Equipe da Escola do SESI Roraima conquista três prêmios em Torneio de Robótica no Pará 

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/4

Representantes do Centro de Educação do Trabalhador João de Mendonça Furtado, a Escola do SESI/RR, os alunos da equipe Engenheiros em Ação tiveram destaque e conquistaram três prêmios em participação na etapa regional do Torneio SESI de Robótica First Lego League (FLL) realizado no Pará. 


Disputado nos dias 22 e 23 de março de maneira presencial no SESI Ananindeua, com visitação liberada para pessoas vacinadas contra a Covid-19, o torneio é considerado um dos maiores do mundo e reuniu ao todo mais de 160 estudantes dos estados do Pará, Amapá e Roraima com idade entre 9 a 16 anos. 


Desta forma, as conquistas da equipe sesiana de Roraima foram: 1º lugar na categoria Desempenho do Robô e também em Desafio do Robô no qual estudantes colocam os robôs produzidos com Lego para cumprir determinadas missões simulando situações reais que envolvem a captura, transporte, entrega de objetos na mesa de competição, entre outros. Além dessas conquistas, a equipe também ficou com o 3º Lugar na categoria Design do Robô e a 6º colocação na classificação geral da etapa regional se tornando uma das equipes suplentes para participar do torneio nacional. 


Ao todo 33 equipes participaram da categoria Challenge da FIRST LEGO League, operacionalizada no Brasil pelo SESI desde 2004. Para esta edição, a temporada foi batizada de Cargo Connect, pois é voltada para o desenvolvimento de projetos ligados ao transporte e à logística. Assim os estudantes trabalham os conceitos de STEAM (Ciência, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática) na criação de projetos de inovação, construção e programação dos robôs e os colocam para completar missões durante as provas.

 
Conforme os organizadores do evento, o objetivo é aproximar os estudantes da ciência e tecnologia e desenvolver soluções inovadoras para o futuro do transporte assim como passar valores como respeito, competição amigável, entre outros, para os estudantes.  
 
Metodologia STEAM: O diferencial da Educação aliada a Tecnologia   
 
Destinado a dependentes de trabalhadores da indústria, conveniados e comunidade em geral, um dos diferencias da Escola do SESI é aliar a educação com a tecnologia. As aulas com uso do minecraft e robótica são um dos carros-chefes do SESI. 


Os alunos também aprendem com outras ferramentas educacionais que aliam a tecnologia, como a plataforma CoderZ, que ajuda alunos e professores a colocarem em prática os ensinamentos da robótica educacional. Ela utiliza a metodologia STEAM, sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática, e atividades gamificadas para incentivar a educação tecnológica e preparar jovens para o futuro.  


Conforme a diretora da Escola do SESI, Gardênia Cavalcante, a escola tem buscado um trabalho pedagógico que valoriza a construção do conhecimento aliando inovação, ciência e tecnologia. “A nossa escola valoriza essa preparação voltada para as áreas das ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática. O mundo é cada vez mais exigente com a questão da tecnologia e nossos alunos são preparados desde cedo para essa exigência”, afirma a diretora.