• Saúde e Segurança no Trabalho

Fotos - Jackson Souza 

Para atender o trabalhador da indústria, comunidade e conveniados com conforto, segurança e agilidade, o SESI-RR tem uma Unidade de Saúde localizado na sua sede, com clínica geral, odontologia e laboratório, fonoaudiologia e exame preventivo.

Para marcar a sua consulta basta dirigir-se à nossa Clínica (Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, nº 3710 Bairro Aeroporto), em horário comercial - ou obter mais informações pelos telefones 4009-1836/1827. 

 

Na Unidade localizada no Distrito Industrial o atendimento é aberto para as indústrias, seus trabalhadores e dependentes, e para a comunidade em geral. Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone 3621-6600.

O SESI tem uma forte atuação em Saúde e Segurança no Trabalho, desenvolvendo e implementando programas e realizando os procedimentos e consultas de acordo com as Normas Regulamentadoras específicas. Para as empresas Industriais existe o benefício da Linha de Fomento do Departamento Nacional do SESI, em que o valor da elaboração do PCMSO e da Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos (Antigo PPRA) são bem competitivos e a empresa não paga pelas consultas, só pelos exames complementares.

 

As Empresas Industriais também tem a sua disposição, para atendimento in loco, as Unidades Móveis de Clínica Médica, Odontologia e Audiometria do SESI-RR, com fornecimento do serviço mediante contrato. A solicitação pode ser realizada junto ao setor de Relações com o Mercado - RELCOM, no telefone 4009-1811.

​   Pacotes de Exames Laboratoriais

A unidade de saúde do Serviço Social da Indústria de Roraima – SESI/RR lançou seis pacotes promocionais para exames laboratoriais, com o objetivo de incentivar o hábito da realização do Check-up de rotina, bem como sensibilizar para a importância do acompanhamento da gestação e para o cuidado com a saúde ao iniciar a vida a dois.

Os exames oferecem um panorama do estado clínico do paciente e os pacotes disponíveis são: Grávida, Infantil, Homem, Mulher e, Pré-nupcial Masculino e Feminino. Após a coleta do material, com exceção do Infantil, que fica pronto no mesmo dia, a partir das 14h, a análise dos outros são realizadas com o apoio do Laboratório Hermes Pardini, em Minas Gerais e são entregues no prazo de 5 a 8 dias úteis.

Para realizar os exames basta se dirigir até a Unidade de Saúde do SESI Roraima, situada na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, nº 3710 – Bairro: Aeroporto, das 6h40 às 10h, de segunda a sexta – feira. O atendimento será por ordem de chegada.

Exame Toxicológico de Larga Janela de Detecção

​​O exame toxicológico de larga janela de detecção é indolor e capaz de detectar o consumo de substâncias psicoativas (drogas) num período de 90 dias antes do exame, por meio da análise da queratina presente no cabelo e nos pelos das pernas, dos braços, peito, axilas e pubianos.

Não há uma recomendação específica para se realizar o exame toxicológico, pois este procedimento não requer nenhum tipo de preparo especial. Para a coleta da amostra é necessário que o fio tenha o comprimento de, no mínimo, 4 centímetros para que a análise detecte o consumo de substâncias psicoativas.

 

É muito importante salientar que o cabelo utilizado para a análise deve ser natural, ou seja, não é possível utilizar nenhum tipo de cabelo artificial, já os quimicamente tratados ou tingidos podem passar normalmente pelo processo de análise, pois o procedimento ocorre na parte interna do fio.

Saúde e Segurança no Trabalho - SST

PCMSO - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional - NR 7

 

Esta Norma Regulamentadora - NR estabelece a obrigatoriedade de elaboração e implementação do PCMSO, por parte de todos os empregadores e instituições que admita um ou mais trabalhador como empregado. O programa é uma ferramenta de controle que analisa o histórico da saúde do trabalhador. O PCMSO é parte integrante do conjunto mais amplo de iniciativas da empresa no campo da saúde dos trabalhadores, devendo estar articulado com o disposto nas demais Normas Regulamentadoras
 

​Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos (Antigo PPRA) - NR 9

Esta norma regulamentadora estabelece a obrigatoriedade da elaboração e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados. Visando a preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, por meio da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho. Tendo em consideração a proteção do meio ambiente e os recursos naturais.

​PCMAT - Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria de Construção - NR 18

É obrigatória a elaboração e o cumprimento do PCMAT nos estabelecimentos de obras da construção civil com vinte trabalhadores ou mais, contemplando os aspectos da NR-18 e outros dispositivos complementares de segurança. O PCMAT tem como objetivo garantir, por ações preventivas, a integridade física e a saúde do trabalhador. A partir de um levantamento, são tomadas providências para eliminar, minimizar e controlar estes riscos, através de medidas que podem ser de proteção coletiva ou individual.

​Laudos Técnicos

 ​LTCAT: Laudo Técnido das Condições Ambientais de Trabalho 

Atendendo às exigências do Decreto nº 3.048 de 06 de maio de 1.999 que regulamenta a Lei 8213/91. O LTCAT- LAUDO TÉCNICO DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DO TRABALHO. Este laudo tem como objetivo emitir parecer técnico quanto à caracterização de aposentadoria especial, por meio de avaliações qualitativas e/ou quantitativas das condições ambientais ou métodos de trabalho que possam expor os trabalhadores aos agentes nocivos previstos no Anexo IV do Decreto 3.048.

  • ​Laudo de insalubridade: O Laudo de Insalubridade, tem poder jurídico assegurado nos artigos 189 a 192 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT – Título II – Capítulo V e nas Normas Regulamentadoras aprovadas pela Portaria nº 3.214 de 08/06/1978, especificamente a NR – 15. De acordo com a legislação vigente são consideradas atividades insalubres aquelas que, por sua natureza, condições ou métodos de trabalho, exponham os empregados a agentes nocivos à saúde, acima dos limites de tolerância fixados em razão da natureza e da intensidade do agente e do tempo de exposição aos seus efeitos. Este laudo assegura a percepção de adicional de acordo com sua respectiva classificação de grau máximo, médio e mínimo, conforme prevê artigo 192 da CLT.
  • Laudo de periculosidade: O Laudo de Periculosidade, tem poder jurídico assegurado nos artigos 193 a 197 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT – Título II – Capítulo V e nas Normas Regulamentadoras aprovadas pela Portaria n° 3.214 de 08/06/1978, especificamente a NR – 16. De acordo com a legislação vigente são consideradas atividades ou operações perigosas àquelas que, por sua natureza ou métodos de trabalho impliquem em risco acentuado em virtude de exposição permanente do trabalhador com: explosivos, inflamáveis (líquidos e gasosos liquefeitos), energia elétrica, atividades de segurança pessoal ou patrimonial que exponham os trabalhadores a roubos ou outras espécies de violência física e radiação ionizante. Este laudo assegura a percepção de adicional de acordo com sua respectiva classificação de grau máximo, médio e mínimo, conforme prevê artigo 193 da CLT.

Avaliações Quantitativas

  • Poeira;
  • Ruído;
  • Calor e
  • Iluminação.
Ações de Qualidade de Vida em SST
  • PCA - Programa Conservação Auditiva;

  •  PSV – Programa de Saúde Vocal;

  • Campanha de vacinação contra influenza (gripe);

  • Investigação de acidente de trabalho*;

  • Homologação de Atestado Médico*;

  • Consultas Ocupacionais*.

* Os itens marcados com * somente são realizados com empresas que possuem contratos de elaboração e execução de PPRA/PCMSO/PCMAT.

Curso de CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - NR 5

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador. Devem constituir CIPA, por estabelecimento, e mantê-la em regular funcionamento as empresas privadas, públicas, sociedades de economia mista, órgãos da administração direta e indireta, instituições beneficentes, associações recreativas, cooperativas, bem como outras instituições que admitam trabalhadores como empregados. A CIPA será composta de representantes do empregador e dos empregados, de acordo com o dimensionamento previsto no Quadro I desta NR, ressalvadas as alterações disciplinadas em atos normativos para setores econômicos específicos. O treinamento dos membros da CIPA terá carga horária de vinte horas, distribuídas em no máximo oito horas diárias e será realizado durante o expediente normal da empresa.

Assessoramento de Saúde e Segurança do Trabalho 

 

Esse serviço tem como objetivo atingir metas de melhorias dispostas nos planos de ação das empresas e dos seus programas médicos ocupacionais, além de atender as demandas provenientes da empresa.